A Primeira Vez a gente nunca Esqueçe - Patrícia Barboza

Tô aqui hoje pra falar do livro querido da Patrícia Barboza! A Pat muito gentilmente me enviou a sua obra para resenha e ontem mesmo eu terminei de lê-lo. Com uma linguagem bem atual e "jovem" a Pat conseguiu me conquistar! Cada história- são várias -que eu lia, ficava cada vez mais envolvida com os personagens.

- Não sei, teu cabelo é legal... Posso ser sincera, Alan? O cabelo não é o teu problema... Você está precisando fazer um regiminho... - disse, dando umas tapinhas na minha barriga (página 79 - Primeiro Regime).

Como cada história retrata coisas diferentes, vou dar uma pequena pauta para cada uma, só pra vocês saberem do que se trata cada uma.
O Primeiro Amor: Você já pensou em encontrar o amor da sua vida dentro de um elevador? Pois é, a Aline também não, mas foi exatamente desse jeito- depois de uma pane de elevador - que a Aline acabou se encantando com Beto.

A Primeira Barba: Garotas se apaixonam por barbas? Com treze anos, Rubens ainda não pensava muito bem nisso, mas já que seu irmão mais velho Ricardo fazia, por que não faturar uma gatinha fazendo a barba e usando colônia, afinal, quem gostaria de um namorado peludo?

A primeira Camisinha: Quem diria que comprar uma camisinha, por pura curiosidade, daria uma confusão tão grande para Mariana? Ela e sua amiga só queriam se divertir mas no final a mãe do gatinho é que ficou com uma pulga atrás da orelha.

O Primeiro Emprego: Um emprego não serve simplesmente para uma grana extra, e Daniel soube disso no exato momento que começa a trabalhar para uma farmácia! Além da grana, uma namorada e boas fofocas também rolam no novo e primeiro emprego dele.

O Primeiro Amor Platônico: Você faria qualquer coisa pelo seu ídolo? Até atravessar o oceano por ele? Calma, a Andreia não fez isso (ainda!), mas com certeza ela deve ter ficado com milhares de calos nas mãos de tantas cartas que mandou para um concurso cultura, e tudo isso era para seu ídolo favorito! Será que valeu a pena?

O Primeiro Regime: Tudo o que Alan queria era conquistar Claudinha, mas para isso era preciso que ele abdicasse de sua dieta de hambúrgers e refrigerantes, para uma de alface e tomate, ihh Claudinha, se cuida que o Alan vai ficar um pastelzinho light!

A Primeira Menstruação: Qual o fato da pessoa querer tanto isso? A amiga da Simone também a achava louca! Mas até que num dia TOTALMENTE inesperado, a Simone acaba tendo o que ela tanto esperava.

A Primeira Briga: O que leva uma garota meio nerd, ser tirada totalmente do serio e partir pra briga? Nem mesmo as inteligentes aguentam pressão, e isso também aconteceu com a Juliana! Ela simplesmente partiu pra cima de uma suposta "amiga".

A Primeira Vez: Quem imaginaria que a primeira vez de Léo e Fabiola resultaria em algo tão diferente? Será que tudo correra como panejado ou alguém surgiu a mais?

O Primeiro Namorado da minha mãe: Quem imaginaria que depois de um tempo de separação a mãe do Tiago arranjaria outro "pai" para os filhos? Para Tiago, foi bem difícil aceitar, mas será que no final deu tudo certo?

O Primeiro Tombo na Rua: Na frente do gatinho e ainda cair por cima dele é demais, e tudo isso se passa no meio da rua! Eu ficaria traumatizada, acho que a Camila também ficou.

A Primeira Amiga: Jackie e Bernardo eram muito bons amigos, mas será que todo esse climão de amizade não conduzirá para nada além?!

O Primeiro Sutiã: Um simples sutiã faz realmente toda a diferença e Cíntia só descobriu isso graças ao idiotas do seu prédio. Hoje ela sabe o real sentido de se usar um sutiã.


Nota da Leitora:

Em particular gostei muita das seguintes primeiras vezes: O primeiro regime, a primeira amiga e a primeira briga! Essas três histórias foram o meu xodó, até porque os fatos que se deserolaram nela são bem comuns, são coisas que realmente convivo no dia a dia, seja com pessoas ao meu redor, ou seja, comigo mesma.
Para não deixar o post muito longo vou ficando por aqui, e dizer que a Pat é realmente uma ótima escritora, e espero ler mais obras dela (fica a dica, viu Pat?! ;) ).


Ficha Técnica:
Título Original: Obra Nacional
Autora: Patrícia Barboza
Editora: Ciranda Cultural
Páginas: 159
Foto: 2° edição














4 comentários »

  • Karlinha said:  

    Gostei muito do post. esse livro tem a capa tão fofa né?

  • Patricia Barboza said:  

    Olá! Nossa, adorei a sua resenha. E me diverti com os seus próprios textos descrevendo cada capítulo! Muito obrigada pelo carinho, viu? É muito importante para mim. Um beijo enorme para você e todos os leitores do blog!

  • Desa said:  

    Nossa adorei a resenha!!
    Não conhecia muito esse livro mas fiquei com vontade de ler!!
    Achei bem interessante essa premissa de primeira vez pra cada uma dessas coisas!! Vou ficar de olho nele!! =)